Boletim de Inteligência de Mercado Abrapa com as principais notícias do mundo do algodão no seu WhatsApp

Postada em: 19/11/2021


 Destaque da semana – Rumores de que a Índia iria colocar travas nas exportações de algodão e fios na última quarta impulsionaram as cotações.   Como o governo local negou e as exportações semanais dos EUA foram fracas, o mercado recuou.

- Algodão em NY – O contrato Mar/22 fechou ontem a 115,14 U$c/lp (-0,8%). Referência para a safra 2021/22, contrato Dez/22 fechou ontem a 91,79 U$c/lp (+0,25%).  

- Preços 1 - Ontem (18/11), o algodão brasileiro estava cotado a 133,00 U$c/lp (alta de 150 pts com relação à semana passada) para embarque em Jan-Fev/22 (Middling 1-1/8" (31-3-36) posto Ásia, fonte Cotlook).

- Preços 2 - O Indicador CEPEA/ESALQ do algodão em pluma (8 dias), fechou a R$ 6,0935/lp ontem (18/11), novo recorde nominal da série do Cepea.

- Altistas 1 – Restrições às exportações da Índia foram discutidas entre governo e cadeia do algodão na quinta com o objetivo de ajudar a indústria local. 

- Altistas 2 – Entretanto, o Ministro dos Têxteis, Comércio e Indústria da Índia refutou a medida e recomendou que a cadeia resolva a situação e pare de pressionar o governo a intervir. Segundo ele: Os setores industriais não devem depender do apoio do governo para serem competitivos.
 
- Altistas 3 – Preços na China continuam firmes, e com boa margem entre preços domésticos e de algodão importado. O principal índice de preços no país, o CC Index atingiu 160,80 U$c/lp.

- Baixistas 1 – A colheita, apesar de um pouco atrasada, avança sem problemas no hemisfério Norte. Os EUA já haviam colhido 65% até o último relatório. Na China, o beneficiamento que estava atrasado já avançou bem. Na Índia, o ritmo de colheita ainda não chegou ao pico, enquanto no Paquistão já está se encerrando.

- Baixistas 2 – Vendas de exportações dos EUA foram decepcionantes esta semana, principalmente pela falta de protagonismo da China. 

- Sustentável 1 - O relatório sobre mitos na moda divulgado pela Transformers Foundation e ICAC segue reverberando no ambiente digital. Um dos mitos corrigidos é o uso da água na cotonicultura. 

- Sustentável 2 - Ao invés do alardeado número de 20 mil litros de água para produzir uma camiseta, o correto é menos de 2 mil litros de água de irrigação. A publicação contextualiza questões regionais e climáticas e tem base em dados científicos. Acesse: https://bit.ly/cotton-tficac 

- China - Apesar das crises energética e logística, a China segue com indicadores em alta. As vendas no varejo de bens de consumo cresceram 4,9% em out/21 na comparação com out/22. A produção industrial de valor agregado subiu 3,5% no ano. Os dados são do National Bureau of Statistics (NBS).

🇧🇩- bengaleses em evento com marcas e varejistas britânicos que compram roupas de Bangladesh. O reajuste seria necessário para absorver o aumento nos preços de fios, produtos químicos e outras matérias-primas.

- Logística - A crise da cadeia de abastecimento global pode já ter atingido seu ápice, aponta a Bloomberg. O custo médio de movimentação de um contêiner de 40 pés caiu por oito semanas consecutivas e o congestionamento de importantes portos está diminuindo. 

- Agenda – A Abrapa realizará o evento Cotton Brazil Outlook 2022 em Bangkok (Tailândia) no dia 01/Dez. O evento será híbrido e contará com a presença do Embaixador do Brasil na Tailândia, José Borges dos Santos Júnior.

- Beneficiamento 2021 - Até ontem (18/11): BA e TO (93%); GO (99,5%), MA (71%); MG (98%), MT (86%). Os estados que já chegaram a 100% foram MS, PI, SP e PR. Total Brasil: 88% beneficiado.

-  Exportações - O Brasil exportou 102,6 mil tons de algodão nas duas primeiras semanas de nov/21. A média diária de embarque é 23% inferior ao embarcado em nov/20. 

-  Semeadura 2021/22 - O plantio da nova safra já começou em dois estados: SP (33%) e PR (43%). Total Brasil: 0,20% plantado.

- Preços - Consulte tabela abaixo ⬇

Este boletim é produzido pelo Cotton Brazil, programa da Abrapa. Contato: cottonbrazil@cottonbrazil.com
WhatsApp Image 2021-11-19 at 11.51.56.jpeg