ONU comemora Dia Mundial do Algodão pela primeira vez

Postada em: 14/10/2021


Abrapa na mídia

Este 7 de outubro de 2021 marca a primeira comemoração do Dia Mundial do Algodão. A data foi aprovada em agosto passado na Assembleia Geral emreconhecimento à importância da cultura para o alcance da Agenda 2030. 

Como parte das comemorações, a Organização Mundial do Comércio, OMC, preparou um evento online para debater o cenário e o potencial da cadeia de valorda commodity no desenvolvimento econômico e redução de pobreza. 

Ambiente 

Em entrevista à ONU News, o presidente da Associação Brasileira dos Produtores de Algodão, Abrapa, Júlio Busato, reforçou o papel econômico e social da cotonicultura.  

"Esse ano, nós produzimos 2,3 milhões de toneladas de algodão e 700 mil toneladas vão abastecer a indústria têxtil brasileiras, que são quase 30 mil empresas e empregam 1,5 milhão de pessoas". 

O algodão ocupa 2,1% das terras aráveis do mundo, mas atende a 27% das necessidades têxteis mundiais. De acordo com Busato, 60% da produção é de segunda safra, otimizando o uso do solo.  

"O agricultor planta soja, colhe rapidamente, e depois faz uma safra de algodão. Isso é uma otimização enorme do uso do solo sem irrigação. 92% do algodão brasileiro é plantado em área de sequeiro". 

Percursores  

De acordo com a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, FAO, o Brasil é o segundo maior exportador e quarto maior produtor de algodão. 

O país produz cerca de 2,5 milhões de toneladas e comercializa aproximadamente metade desse valor para outros países. A quantidade deixa a exportação brasileira apenas atrás dos Estados Unidos. 

Quatro produtores de algodão foram percursores da celebração deste dia 7 de outubro: Benim, Burkina Faso, Chade e Mali. A aliança, conhecida como os Quatro do Algodão, fez a proposta de celebração à OMC. Estes países estão na lista dos principais produtores e exportadores. 

Segundo a ONU, além da importância nessas nações, a commodity também é responsável pela renda de mais de 28 milhões de produtores em 75 países em cincocontinentes. Com os setores associados, a cultura garante o sustento de 100 milhões de famílias em todo o mundo.  

Curiosidades 

  • De acordo com dados da ONU, o algodão é uma cultura com boa adaptação à seca, por possuir um sistema de raízes profundas ideal para climas áridos. Chuvas sazonais em pontos críticos do crescimento da planta seriam suficientes para produzir um alto rendimento. 
  • Quase nada de algodão é desperdiçado. O produto é usado em têxteis, ração animal, óleos comestíveis, cosméticos ou combustível, entre outros usos. 
  • Uma única tonelada de algodão fornece emprego durante todo o ano para cincopessoas em média, muitas vezes em algumas das regiões mais pobres. 
  • Filamentos à base de algodão são adequados para impressoras 3D porque conduzem bem o calor, ficam mais forte quando molhados e são mais escaláveis do que materiais como madeira. 

https://news.un.org/pt/story/2021/10/1765732

 

ONU News – 07.10.2021