Abrapa, Reserva e Renner lançam iniciativa de rastreabilidade do algodão brasileiro

Postada em: 14/10/2021


​A Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa), por meio do movimento Sou de Algodão, junto com a carioca Reserva e a Renner, lançam o Programa SouABR, que oferece informações sobre a origem da matéria-prima certificada e o processo de produção da peça adquirida pelos consumidores. O objetivo do SouABR, primeira iniciativa de rastreabilidade por blockchain da indústria têxtil nacional, é oferecer transparência e mostrar que o algodão presente na roupa tem a certificação socioambiental Algodão Brasileiro Responsável (ABR), que entrega à indústria o comprometimento dos produtores com os três pilares da sustentabilidade: social, ambiental e econômico. 

Através da leitura do QR Code presente na etiqueta da peça, o consumidor pode conhecer a fazenda onde o algodão foi cultivado, a fiação que o transformou em fio, a tecelagem ou a malharia que desenvolveu o tecido ou a malha e a confecção que cortou e costurou. Todas as peças rastreáveis do programa SouABR usam, no mínimo, 70% de algodão em sua composição, sendo que 100% dessa fibra natural presente no produto tem certificação. A primeira coleção foi lançada pela Reserva para o público masculino e a Renner apresentará, a partir de 2022, as roupas para o segmento feminino.

https://vogue.globo.com/moda/noticia/2021/10/fashion-news-saiba-noticias-mais-quentes-da-moda-nesta-semana.html


Vogue - Paula Mello - 14/10/2021