Abrapa renova benchmark com Better Cotton Initiative (BCI)

Postada em: 26/07/2021


A Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa) renovou sua parceria com a Better Cotton Initiative (BCI). As duas entidades atuam em benchmark desde 2013, atestando a sustentabilidade da cotonicultura brasileira. O Brasil é o maior fornecedor de algodão Better Cotton do mundo, com 38% do mercado global.

 

O realinhamento dos protocolos do programa Algodão Brasileiro Responsável (ABR) e do BCI foi feito para incorporar novas iniciativas de sustentabilidade global, relacionadas a manejo integrado de pragas e doenças, saúde do solo e boas práticas socioeconômicas e de agricultura sustentável. A atualização será feita a cada cinco anos.

 

A nova fase do acordo foi celebrada em reunião virtual realizada na última sexta-feira (23), com a presença do CEO da BCI, Alan MacClay, e de toda a diretoria da mais reconhecida instituição de acreditação de fibra de origem sustentável do mundo. Com sede na Suíça, a organização não-governamental reúne em seu conselho de administração grandes marcas como Nike, Adidas, Ralph Lauren, Levis, H&M, entre outras.

 

"O BCI é um projeto estratégico, que posicionou o nosso algodão no mundo e tem respondido a muitas dúvidas do consumidor com relação à forma de produzir no Brasil. Somos grandes aliados", avaliou o diretor-executivo da Abrapa, Marcio Portocarrero.   Destacou, ainda, o empenho da associação na regulamentação e implantação de biofábricas e no estímulo à produção on farm de bioinsumos no País.

 

Portocarrero aproveitou a oportunidade para falar sobre o projeto brasileiro de quantificar o sequestro de carbono na produção de algodão, para comercializar créditos com empresas do mundo todo. "É o grande passo que vamos dar nos próximos anos. Será uma garantia a mais de sustentabilidade e uma fonte de renda para os cotonicultores", ressaltou.

 

Alan MacClay demonstrou entusiasmo com as iniciativas brasileiras. "Tudo isso é muito animador, há um alinhamento perfeito de nossas estratégias", afirmou o CEO da BCI. "É interessante ver ações, além do nosso acordo. Temos que ser uma comunidade de aprendizagem", destacou. Esse é justamente o objetivo do primeiro Simpósio das Grandes Fazendas da BCI, que acontecerá no dia 11 de agosto e reunirá palestrantes brasileiros e internacionais para troca de ideias e experiências sobre a cultura do algodão. O evento, virtual, é gratuito e terá tradução simultânea. Para se inscrever, acesse


https://survey.alchemer.eu/s3/90354164/BCI-Large-Farm-Symposium-Registration?snc=1626094003_60ec39b3a643b2.50003279&sg_navigate=start&sglocale=pt-br