Boletim de Inteligência de Mercado Abrapa com as principais notícias do mundo do algodão

Postada em: 23/07/2021


- Algodão em NY - Semana volátil, mas com viés altista prevalecendo, sustentado pela boa demanda internacional. O contrato Dez/21 chegou a ultrapassar a barreira dos 90 centavos ontem, e fechou em 89,86 U$c/lp, alta de 0,9% nos últimos 7 dias. 

 

- Preços 1 - Ontem (22/7), o algodão brasileiro estava cotado a 100,25 U$c/lp (-75 pts) para embarque em Ago-Set /21 (Middling 1-1/8" (31-3-36) posto Ásia, fonte Cotlook).

 

- Preços 2 - O basis médio do algodão Middling Brasileiro posto Ásia em Julho/21 está 11,35 U$c/lp, de acordo com a Cotlook.

 

- Altistas 1 - As vendas semanais dos EUA, divulgadas ontem, atingiram o expressivo número de 422 mil fardos (92 mil toneladas). As exportações, por outro lado, sofreram com os gargalos logísticos globais e não impressionaram: 57,4 mil toneladas somente.

 

- Altistas 2 - Os leilões de algodão da reserva chinesa continuam vendendo 100% dos lotes ofertados, totalizando 134 mil toneladas até ontem. Os preços médios foram U$c/lp 105,34.

 

- Altistas 3 - As cotas adicionais de importação (700 mil toneladas) anunciadas pela China em Abril finalmente estão sendo liberadas para as empresas importadoras a partir desta semana.  

 

- Altistas 4 - Estas cotas vinham sendo muito aguardadas pelos importadores Chineses devido à forte demanda. Boa parte desse algodão, entretanto, já está há algum tempo em armazéns alfandegados nos portos Chineses aguardando as cotas para entrar no país.

 

- Baixistas 1 - O relatório de condições de lavoura dos EUA aponta melhora, com 60% das áreas em boas-excelentes condições, 4 pontos acima da semana passada, comparado a 47% da safra passada nesta mesma época.

 

- Baixistas 2 - Esta semana começou com os mercados em baixa devido ao aumento mundial de infecções pela variante Delta do novo coronavírus. Infelizmente, a pandemia ainda não está superada na maior parte do planeta.

 

- Vietnã - Exportações de roupas e confecções do Vietnã em Junho foram as mais altas desde Agosto/2019.

 

- Paquistão - No Paquistão, as exportações têxteis de Junho também foram altas, bem acima do mês anterior. Com a produção de algodão em queda e exportações de roupas e confecções em alta, a tendência é de aumento nas importações da fibra.

 

- China 1 – A China importou 172 mil toneladas de algodão em Junho, praticamente o mesmo volume de Maio. O país já importou 2,66 milhões de toneladas no período Ago/20-Jun/21, quase 90% a mais que no ano anterior.

 

- China 2 – O gigante asiático também importou em Junho 160 mil toneladas de fios de algodão, 7% a mais que Junho/20.

 

- Plantio - Plantio em curso na África e na Índia, sendo que no país Asiático segue em andamento com um pouco de atraso. No Paquistão, os números finais de plantio mostram uma área 13% menor que no ano passado.

 

- Colheita - A Abrapa informa o andamento da colheita da safra 2020/21 de algodão no Brasil até ontem (22/7): BA e TO (37%); GO (49%), MA (21%); MG (40%), MS (76%), MT (17%), PI (45%) SP (94%) e PR (100%). Total Brasil: 24% colhido.

 

- Exportações - No último mês de exportações do ciclo 20/21, o Brasil exportou 34,4 mil tons de algodão nas duas primeiras semanas do mês de julho/21.

 

Este boletim é produzido pelo Cotton Brazil, programa da Abrapa. Contato: cottonbrazil@cottonbrazil.com

 

- Preços - Consulte tabela abaixo:


WhatsApp Image 2021-07-23 at 09.59.35.jpeg