Relatório de Safra

Postada em: 06/07/2021


Cresce adoção de boas práticas pelos produtores brasileiros de algodão

Volume certificado com selo ABR equivale a 81,3% da safra 2020/2021

A cada safra, cresce o comprometimento dos cotonicultores brasileiros com a sustentabilidade. No atual ciclo, 81,3% da produção - o equivalente a 2 milhões de toneladas da pluma  – receberão o certificado de Algodão Brasileiro Responsável (ABR) pela adoção de boas práticas sociais, ambientais e econômicas, contra 75% no período anterior. Os dados foram divulgados nesta terça-feira (6) pela Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa).

O programa ABR atua em benchmarking com a Better Cotton Initiative (BCI), entidade suíça que promove a produção de algodão sustentável no mundo e reúne, em seu conselho, grandes marcas como Nike, Adidas, Ralph Lauren, Levis e H&M. De acordo com o relatório global da BCI de 2020, publicado na última semana, o Brasil ampliou sua participação no mercado de Better Cotton de 36% para 38%, consolidando a posição de maior fornecedor mundial de algodão responsável.

O país também continua sendo campeão em produtividade de algodão em condições não irrigadas do mundo, com previsão de 1.793 Kg de pluma/hectare para a temporada 2020/2021. O volume é 89% superior à média dos Estados Unidos,  segundo colocado no ranking mundial.  "Na safra atual, 92% da nossa área cultivada depende exclusivamente da água da chuva. O Brasil é sustentável e competitivo ao mesmo tempo", afirma o presidente da Abrapa, Júlio Busato.

Confira a íntegra do Relatório de Previsão de Safra de Sustentabilidade – 2020/2021 da Abrapa:

Relatório de Previsão de Safra de Sustentabilidade – 2020.2021 - 30.06.2021.pdf