Boletim de Inteligência de Mercado Abrapa com as principais notícias do mundo do algodão

Postada em: 02/04/2021


- Algodão em NY - O mercado resistiu ao anúncio de área maior que a esperada nos EUA, mas as baixas vendas semanais divulgadas ontem trouxeram o mercado para baixo.  O contrato Jul/21 fechou em 79,27 U$c/lp, queda de 0.3% nos últimos 7 dias.

- Preços - O preço do algodão brasileiro Middling 1-1/8” (31-3-36) posto Ásia está em 89,75 U$c/lp (-1,3% na semana) para embarque em Mar-Abr/21 e 90,25 U$c/lp (sem alteração na semana) para embarque em Out-Nov/21. Tabela com mais detalhes abaixo.

- Altistas 1 - Apesar do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) ter divulgado esta semana em seu relatório de intenção de plantio - o Prospective Plantings – que a área plantada de algodão será 12,04 milhões de acres, a visão de muitos analistas é que esta área deve ser menor pela competição com outras culturas.

- Altistas 2 - Mais da metade da área plantada projetada é no Texas (56%), estado que vem sofrendo com seca, o que deve impactar tanto o % de abandono quanto a produtividade.

- Baixistas 1 - As vendas externas divulgadas esta semana no relatório semanal de exportação dos EUA foram as mais baixas do ano: 84.995 fardos, após cancelamentos de 165.120, principalmente da Indonésia (79%) e da China (15%).

- Baixistas 2 - O algodão está no centro do mais recente conflito China-EUA, por conta do boicote dos EUA e seus aliados ao algodão produzido na principal região produtora Chinesa.  Esta semana a China Cotton Association organizou um evento na região com diplomatas de 20 países.

- Exportações - Exportações brasileiras de algodão fecharam o mês março/21 com de 221,9 mil tons.  Este foi o maior mês de março da história, superando as 140 mil tons de mar/20.

- Exportações 2 - Neste ritmo, o Brasil deve superar 2,3 milhões de tons no período Ago/20 a Jul/21, recorde absoluto.  O volume exportado em 19/20 foi 1,95 milhões de toneladas.

- Importações - A China divulgou que nos primeiros dois meses deste ano importou 690,6 mil tons de algodão, o que representa um aumento de 67,51% com relação ao ano anterior.  Os EUA (43%) foram os maiores fornecedores, com o Brasil (38%) em segundo e a Índia (12%) em terceiro lugar.

- Importações 2 - Desde a assinatura da fase 1 do acordo comercial entre EUA e China, no início do ano passado, o Brasil perdeu muito espaço no mercado Chinês.  Entretanto, no acumulado dos últimos três meses divulgados pela China (Dez-Jan-Fev), o Brasil retomou as exportações e praticamente empatou com os EUA neste período.

- Paquistão-Índia - Após anunciar que estava retomando o comércio de algodão com a Índia, suspenso em 2019, o governo Paquistanês voltou atrás e resolveu manter a proibição.

- Bangladesh - Problemas no porto de Chittagong têm causado congestionamento e feito com que navios esperem até dez dias para atracar.  Esta situação tem dificultado a importação de algodão pelo país e aumentado os custos logísticos. 

- Preços - Consulte tabela abaixo

WhatsApp Image 2021-04-02 at 10.18.59.jpeg