Movimento Sou de Algodão, Casa de Criadores e Célula Preta lançam campanha ‘Sou Potência’

Postada em: 23/11/2020


O Movimento Sou de Algodão, que visa estimular o consumo sustentável na indústria da moda, e a Casa de Criadores acabam de lançar a parceria com o coletivo Célula Preta. Intitulada 'Sou Potência', os estilistas desenvolveram camisetas com estampas exclusivas que retratam e manifestam a força da voz negra. A coleção será lançada na plataforma (2)collab.

 

Como parte da ação, no Dia da Consciência Negra, 20 de novembro, 100 camisetas com as  estampas foram enviadas para jornalistas, influenciadores e celebridades negras. O propósito de toda ativação é promover atividades para maior inclusão de profissionais negros no mercado da moda brasileira, abrindo espaço para pluralidade racial, garantindo representatividade e visibilidade.

 

"Não se trata de uma ação isolada e restrita ao mês de novembro. Mas sim, de avançarmos em um trabalho de longo prazo, dialogando com outras marcas parceiras. O Movimento tem como objetivo contar histórias inspiradoras por meio da moda e, conhecendo o trabalho dos estilistas, não pensamos duas vezes para desenvolver a campanha e lançá-la durante a Casa de Criadores", diz Milton Garbugio, produtor e presidente da Associação Brasileira dos Produtores de Algodão.

 

A Célula Preta — formada por Jal Vieira, Diego Gama, Dendezeiro, Fábio Costa (NotEqual) e Weider Silveiro — foi criada diante os protestos antirracistas que aconteceram no Brasil e no mundo, e tem como frente planejar formas de inclusão e valorização de profissionais negros, dentro e fora de eventos de moda. Além de apoiador do grupo, o Movimento Sou de Algodão também é patrocinador nesta edição da CdC.

 

"A ideia é impactar a indústria em geral, discutir a mudança e a necessidade dela. Para além da Casa de Criadores, o coletivo está atuando e ganhando espaço em outras frentes. A parceria e a coleção estão incríveis. Queremos aumentar não só o alcance da nossa voz, mas estendendo também o acesso e visibilidade", comenta Dendezeiro.

 

As camisetas que fazem parte da coleção estarão disponíveis para venda partir de dezembro na plataforma (2)collab. O lucro será 100% revertido para o grupo.

Temas das camisetas:

  • Jal Vieira – "Minha Voz Move o Mundo" – reforça a potência da voz do povo preto.
  • Diego Gama – "Brechas" – convida o público a olhar para as plantas como forma de inspiração e autoconhecimento encontrando nas rachaduras uma oportunidade para crescer, florescer e se fortalecer. 
  • Dendezeiro em parceria com o Dugueto – "PALOSYDADE" – é uma expressão linguística adaptada da palavra "paloso" que significa "estiloso". Portanto, a Palosydade representa o estilo em movimento constante, uma expressão que visa contextualizar a criatividade das periferias e fomentar a diversidade cultural. 
  • NotEqual – transcrição gráfica da palavra "potência" de maneira abstrata, onde é possível ver a expansão do som e o seu registro fonético.  
  • Weider Silveiro – "The real beauty is black" com o objetivo de empoderar e ressaltar a beleza negra.

Site para compra a partir de dezembro: www.2collab.com.br

Casa de Criadores: https://casadecriadores.com.br/

 

Sobre Sou de Algodão

É um movimento único no Brasil que nasceu em 2016 para despertar uma consciência coletiva em torno da moda e do consumo responsável. Para isso, a iniciativa une e valoriza os profissionais da cadeia do algodão, dialoga com o consumidor final com ações, conteúdo e parcerias com marcas e empresas. Outro propósito é informar e democratizar o Algodão Brasileiro Responsável (ABR), que segue rigorosos critérios ambientais, sociais e econômicos, representando 36% de toda a produção mundial de algodão sustentável.

 

Siga Sou de Algodão:

Site: www.soudealgodao.com.br

Facebook: soudealgodao

Instagram: @soudealgodao

Youtube: Sou de Algodão