Abrapa lança videoaulas de mobilização dos cotonicultores para adesão ao SBRHVI

Postada em: 11/11/2020


A safra 2020/2021 já está quase começando, e este é o momento em que a Abrapa intensifica o trabalho de mobilização dos produtores, para adesão ao programa Standard Brasil HVI (SBRHVI), ainda na safra 2019/2020 para garantir a rastreabilidade completa do algodão que ainda está em comercialização. Este ano, com todas as restrições da pandemia da Covid-19, a entidade inovou, elaborando um conteúdo educativo/argumentativo, dividido em quatro videoaulas.  Cada uma delas explica, de forma resumida, o programa, com linguagem didática e atrativa, e módulos de curta duração. Criado em 2016, o SBRHVI é voltado para a qualidade nos resultados das análises instrumentais de fibra por High Volume Instrument (HVI). A iniciativa parametrizou e padronizou os laboratórios que atendem aos cotonicultores brasileiros, contribuindo para a harmonização de resultados, transparência, e para o fortalecimento da credibilidade e da imagem do produto no mercado externo.

 

No primeiro vídeo, o público vai entender por que é importante participar do SBRHVI, mostrando a relação clara entre resultados fidedignos de análises laboratoriais, rastreabilidade, sustentabilidade, transparência e a remuneração do produtor. Para isso, detalha os programas estratégicos da Abrapa, e fatores como o "basis", que influencia diretamente no preço pago ao produtor. A segunda, a terceira e a quarta aulas já são conduzidas pelo gestor de Qualidade do programa SBRHVI, Edson Mizoguchi, que fala sobre os três pilares do programa – (1) Centro Brasileiro de Referência em Análise de Algodão (CBRA), (2) banco de dados da qualidade e (3) orientação aos laboratórios – abrindo as portas do laboratório central, e apresentando gráficos e planilhas com as informações técnicas do programa. Por fim, o produtor que assiste ao vídeo vai entender o que ele tem que fazer para aderir ao SBRHVI.

 

"Como muitas empresas, formos forçados a buscar soluções para um problema inusitado que atrapalhou o nosso contato corpo a corpo com o produtor. Ficamos muito satisfeitos com o resultado e acredito até que, além da praticidade, as videoaulas também agregam eficiência ao processo de mobilização. Tenho certeza de que quando as coisas voltarem ao normal, este recurso poderá ser combinado com as visitas, enriquecendo muito o nosso trabalho", afirma Milton Garbugio, presidente da Abrapa.

 

Acesse o conteúdo completo nos links:

 

Vídeo-aula 1

https://youtu.be/UfJNKK6XLbg

 

Vídeo-aula 2

https://youtu.be/_Qqnf_1Qvwg

 

Vídeo-aula 3

https://youtu.be/yyWmIMhfGOU

 

Vídeo-aula 4

https://youtu.be/3yG97zg39dc

 

 

 

11/11/2020

Imprensa Abrapa

Catarina Guedes – Assessora de Imprensa

(71) 9 8881-8064