Boletim de Inteligência de Mercado Abrapa com as principais notícias do mundo do algodão

Postada em: 06/11/2020


Algodão em NY - O mercado de algodão em NY voltou a operar acima de 70 centavos de dólar por libra-peso (U$c/lp), impulsionado pelos ganhos nos mercados acionários e pelas seguidas evidências de que safra americana que deve ser mais baixa que o divulgado pelo USDA.  O contrato dez/20 em NY fechou ontem a 70,07 U$c/lp, com queda de 0,4% nos últimos sete dias.

 

Altistas - Segundo dados oficiais, para a semana encerrada em 1/nov, as lavouras dos EUA classificadas de "boas" a "excelentes" diminuíram três pontos percentuais, para 66%.

 

Altistas 2 - Alguns pontos positivos que influenciaram o mercado esta semana foram o índice Dow Jones em alta e o dólar Index em queda.

 

Baixistas - Como na semana passada, existe muita preocupação de que os aumentos nos casos da Covid-19 na Europa e nos EUA resultarão em mais redução no crescimento econômico.

 

Colheita americana – Evoluiu de 42%, na semana passada, para 52% esta semana. Numero acima da média dos últimos dez anos, que foi de 49%.

 

China - O governo do país anunciou que irá vender 500 mil toneladas da reserva estatal, com início em 1/Dez.  Os leilões deverão se estender pelos próximos quatro meses.

 

Índia - As exportações de algodão da Índia podem aumentar 40% em 2020/21, em comparação com a safra anterior, passando para sete milhões de fardos, o maior volume em sete anos.

 

Cotton Brazil – Esta semana o projeto Cotton Brazil se reuniu com diplomatas brasileiros em Bangkok, na Tailândia.  A Embaixadora Ana Lucy Gentil Cabral Petersen, assim como com os demais embaixadores do Brasil nos países-foco, se comprometeu a colocar a Embaixada do Brasil na Tailândia à disposição do projeto.

 

Tailândia – O país é o oitavo maior importador do mundo.  O Brasil ocupa, atualmente, o segundo lugar nas vendas da fibra ao país do Sudeste Asiático, atrás dos EUA.

 

Cotton Brazil 2 – Lideranças da Abrapa e da Anea se reuniram esta semana com duas importantes entidades do setor importador de algodão em Bangladesh e na Indonésia.  As reuniões foram com empresários e contaram com apoio das embaixadas do Brasil nos respectivos países. Em ambos, as entidades se disponibilizaram a serem parceiras do Cotton Brazil, nos próximos eventos e ações de promoção internacional.

 

Agenda – Na próxima semana, lideranças da Abrapa e Anea farão reuniões do Cotton Brazil com empresários da Coréia do Sul e Paquistão.  Também na próxima semana, o USDA divulga o seu relatório de novembro, no dia 10.

 

Beneficiamento - A Abrapa informou o progresso do beneficiamento da safra 2019/20 de algodão no Brasil, até ontem: Mato Grosso: 74%; Bahia: 90%; Goiás: 87%; Minas Gerais: 88%; Mato Grosso do Sul: 100%; Maranhão: 55%; Piauí: 97%; São Paulo: 100%; Tocantins: 90% e Paraná: 100%. Média Brasil: 79%.

 

Exportações - O Brasil exportou 241,3 mil toneladas de algodão em outubro/20.  No acumulado do ano comercial, que vai de agosto a julho, já foram exportadas 509 mil toneladas, 2% a mais que no mesmo período de 2019/2020.

 

A tabela abaixo mostra os últimos movimentos de

preços, índices e câmbio que impactam o mercado de algodão.

WhatsApp Image 2020-11-06 at 09.59.13.jpeg