Reforço na credibilidade

Postada em: 04/05/2020


O Centro Brasileiro de Referência em Análise de Algodão (CBRA), laboratório central e pilar do programa Standard Brasil HVI (SBRHVI), da Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa), acaba de receber a acreditação pela Coordenação Geral de Acreditação do Inmetro para seus ensaios (análises) de comprimento, índice de uniformidade, resistência a ruptura, finura (índice micronaire), grau de reflexão e grau de amarelamento, por equipamentos do tipo High Volume Instrument (HVI), segundo os requisitos da norma ABNT NBR ISO/IEC 17025:2017. A acreditação é mais uma prova, reconhecida pelo mercado internacional, da qualidade brasileira na classificação de algodão.

 

No final de 2018, o CBRA tornou-se um dos 11 laboratórios de fibra no mundo a conquistar a certificação internacional pelo ICA Bremen. Esta instituição é referência global e congrega o Faserinstitut Bremen, o Bremen Fibre Institute (FIBRE) e o Bremer Baumwollboerse (BBB). Embora certificação e acreditação sejam reconhecimento de qualidade e metodologias no cumprimento de normas técnicas, a acreditação se refere a processos mais específicos.

 

A precisão nos resultados de análise de algodão por HVI é a base da credibilidade do produto e do país de origem, e garante harmonia entre as expectativas de quem compra e de quem vende, nas transações comerciais com a pluma. "Isso significa fortalecimento de imagem e valor agregado para o algodão brasileiro, um dos grandes compromissos que norteiam a atuação da Abrapa", diz o presidente da entidade, Milton Garbugio.

 

Os laboratórios que atendem aos cotonicultores também estão se submetendo aos processos de implantação de sistemas de gestão de qualidade, o que, de acordo com o gestor de Qualidade da Abrapa, Edson Mizoguchi, fortalece o programa e a imagem da pluma do Brasil como um todo. "Esse ano, o CBRA ainda terá a auditoria de manutenção da certificação ICA Bremen. Aprimoramento de sistemas e processos são algo que nunca tem fim. Temos orgulho de ser um dos melhores do mundo em classificação de fibra"

 

Sobre o CBRA

 

Trata-se de um moderno e bem equipado laboratório central que parametrizou a classificação no Brasil e está padronizando, checando e rechecando os resultados das análises, e, ano a ano, dando o direcionamento a todos os demais, para que trabalhem em sintonia na aferição de resultados. O CBRA está situado em Brasília, no mesmo prédio da Abrapa e do Instituto Brasileiro do Algodão (IBA). O centro analisa 0,5% de todas as amostras testadas nos laboratórios participantes, garantindo a padronização dos processos de classificação. Internamente, desenvolve quatro programas: Algodão CBRA de Checagem, Algodão de Reteste, Algodão Brasileiro de Verificação Interna e Programa Interlaboratorial Brasileiro

 

 

LABORATÓRIOS PARTICIPANTES DO PROGRAMA SBRHVI: