Boletim de Inteligência de Mercado Abrapa com as principais notícias do mundo do algodão

Postada em: 05/08/2022



- Destaque da Semana – Apesar das tensões geopolíticas, esta foi mais uma semana foi de baixa volatilidade e poucos negócios.  Os altistas apostam em quebra de safra, enquanto os baixistas vêem nas questões econômicas ameaças à demanda.  Não há consenso em relação ao que cai mais: oferta ou demanda.

 

- Algodão em NY – O contrato Dez/22 fechou ontem a 94,62 U$c/lp (-1,65%). Referência para a safra 22/23, o contrato Dez/23 era cotado a 81,76 U$c/lp (+0,06%) e o Dez/24 a 79,36 U$c/lp (+1,03%) para a safra 2023/24.

 

- Preços - Ontem (04/07), o algodão brasileiro estava cotado a 116,25 U$c/lp (-75 pts) para embarque em Out-Nov/22 (Middling 1-1/8" (31-3-36) posto Ásia, fonte Cotlook).

 

- Altistas 1 – Clima adverso no hemisfério Norte segue prejudicando as lavouras de algodão nos EUA, Índia e Paquistão.

 

- Altistas 2 –No oeste do Texas, até as lavouras irrigadas estão em situação ruim devido à seca.

 

- Altistas 3 - Já o Paquistão vem sofrendo com enchentes, principalmente nas províncias do Norte.

 

- Altistas 4 - Dados divulgados hoje mostram que foram criados mais empregos em julho nos EUA do que o previsto (mais que o dobro do estimado!), atenuando os temores de recessão

 

- Baixistas 1 – Por outro lado, o sólido desempenho na geração de empregos sugere que o Federal Reserve deve continuar aumentando as taxas de juros para combater a inflação.

 

- Baixistas 2 – O mercado de fios tem enfrentado dificuldades, já que a demanda está fraca e as fiações ainda estão estocadas com algodão caro, impactando as margens.

 

- Baixistas 3 – A visita de Nancy Pelosi, presidente da Câmara dos Representante dos EUA, a Taiwan nesta semana levou a China a responder com exercícios militares e outras medidas.  A tensão aumentou no extremo oriente.

 

- Safra 22/23 – Projeções meteorológicas mantêm o cenário de pouca chuva e clima quente e seco nos EUA, principalmente no Texas, principal estado produtor de algodão.

 

- Safra 22/23 - 2 – O percentual da área de algodão afetado pela seca nos EUA caiu esta semana de 70% para 65%.  Ano passado nesta época a área afetada era somente 4%.

 

- China - Xangai, cidade de 25 milhões de habitantes, registrou três dias consecutivos sem casos de Covid nesta semana, o período mais longo em um mês.

 

- China 2 - Apesar de sinais de que grandes surtos estão sendo amplamente contidos, o governo chinês não demonstra* que irá mudar logo sua política Covid Zero, que tem gerado enormes impactos econômicos.

 

- Safra 22/23 – Produção mundial de algodão na safra 22/23 está prevista em mais de 25,8 milhões de toneladas pelo ICAC, abaixo da previsão de 26,14 milhões do USDA.

 

- Missão Compradores 1 – Termina neste final de semana a Missão Compradores 2022, realizada pela Abrapa, Anea e Apex-Brasil. A comitiva formada por industriais e traders visitou fazendas e beneficiadoras em MT, BA e GO.

 

- Missão Compradores 2 – A delegação reuniu 21 executivos e proprietários de fiações de Bangladesh, Coreia do Sul, México, Paquistão, Turquia e Vietnã e representantes de 14 tradings.

 

- Missão Compradores 3 - Os países representados na missão respondem por 30% do consumo internacional da fibra e por 60% das importações globais do produto.

 

- Exportações 1 - O Brasil exportou 19,7 mil tons de algodão em jul/22. A média diária de embarque foi 66,2% inferior quando comparado com jun/21.

 

- Exportações 2 - No acumulado de agosto de 2021 a julho de 2022 as exportações somaram 1,68 milhão de ton, queda de 29,8% com relação ao mesmo período da safra passada. O calendário de exportação do algodão colhido em 2021 foi encerrado.

 

- Exportações 3 - Os embarques voltarão a subir nos próximos meses com a chegada da safra nova. A expectativa é que os embarques cresçam no calendário atual de exportação e atinjam 1,9 milhão de toneladas (+12,9%).

 

- Colheita 2021/22 - Até ontem (04/08):  BA (71%); GO (73%); MS: (71%); MT (58%); MG (54%); SP (97%); PI (80%); MA (32%); PR (98%). Total Brasil: 61% colhido.

 

- Beneficiamento 2021/22 - Até ontem (04/08):  BA (38%); GO (29%); MA (10%) MS (30%); MT (18%); MG (29%); SP (97%); PI (34%); PR (94%). Total Brasil: 23% beneficiado.

 

- Agenda - Semana que vem (12) teremos o relatório de oferta e demanda do USDA de agosto.

 

- Preços - Consulte tabela abaixo ⬇

 

Boletim Algodao pelo Mundo 31.jpeg

 

Este boletim é produzido pelo Cotton Brazil, programa da Abrapa. Contato: cottonbrazil@cottonbrazil.com