Pamplona recebe três novas certificações de boas práticas

Compartilhar
Share on emailMande esta matéria por e-mailShare on printImprimir
Postada em: 17/03/2016

Nesta quarta-feira (16), a Abrapa acompanhou a entrega de 3 novas certificações para a fazenda Pamplona-GO. A fazenda, situada no município de Cristalina(GO), já possuía as certificações ABR/BCI (selo de sustentabilidade habilitado pela Abrapa) e agora recebeu os índices ISO 14001, OHSAS 18001 e NBR 16001. O presidente da associação, João Carlos Jacobsen Rodrigues, esteve no evento e destacou que “Para a Abrapa, esta é mais uma oportunidade de uma fazenda com preocupações sociais e ambientais, que potencializa o setor de brasileiro, de mostrar que pode produzir com alto padrão de qualidade e pensando no futuro da sociedade”.

O diretor executivo do IBA (Instituto Brasileiro do Algodão), Haroldo Rodrigues, comenta que, em conjunto com as certificações ABR/BCI, os selos são um exemplo do alto patamar de eficiência e exigência da agricultura no Brasil. “Estas certificações são uma etapa a mais. O intuito do mercado é sempre exigir maior qualidade do produto que, hoje, deve demonstrar comprometimento e responsabilidade com o meio ambiente”, ressalta Haroldo.
 
O evento, que aconteceu na própria fazenda Pamplona, reuniu importantes nomes da empresa e da região. Além da presença do presidente da Abrapa, João Carlos Jacobsen, houve também a participação do diretor presidente da SLC Agrícola, Aurélio Pavinato e vice-prefeito do município de Cristalina, João Fachinello.
 
Em seu discurso, Pavinato agradeceu aos colaboradores do grupo e da fazenda e pontuou que as certificações contribuem para melhoria dos produtos e dos processos de gestão da Pamplona. “Isso faz com que a equipe trabalhe cada vez mais com maior organização, disciplina e responsabilidade social. Agora o nosso desafio é manter as certificações na fazenda”, reforça o diretor presidente, em cerimônia da quinta fazenda da SLC a possuir as mesmas certificações.
 
Selos
O ISO 14001 é avaliado pela ABNT e se caracteriza como um selo que comprova as diretrizes básicas de um sistema de gestão ambiental. Entre os principais quesitos avaliados estão: Dejetos banais e perigosos; Poluições do ar, da água, sonora e visual; Energia; Matérias primas e fauna e flora associadas à empresa.
 
O NBR 16001, também analisado pela ABNT, é uma norma brasileira de responsabilidade social. A certificação avalia a promoção da cidadania, do desenvolvimento sustentável e das transparências das atividades.
 
Já o OHSAS 18001, certificado feito pela empresa BSI, define os requisitos mínimos para melhores práticas em gestão de saúde e segurança dos trabalhadores do local e procura constante de promoção de melhores condições de trabalho possíveis dentro da organização.
 
_MG_9233.jpg