COMUNICADO - Abrapa e National Cotton Council (NCC)

Compartilhar
Mande esta matéria por e-mail Imprimir
Postada em: 23/05/2012
Os líderes do algodão do Brasil e dos Estados Unidos reuniram-se em Atlanta, Georgia, para discutir questões de interesse mútuo e para procurar caminhos de maior cooperação. Sérgio De Marco, presidente da Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (ABRAPA), organização que representa os produtores do Brasil, liderou uma delegação de dirigentes e líderes dos produtores de algodão brasileiro. Chuck Coley, presidente do Conselho Nacional do Algodão, liderou a delegação dos EUA.

A reunião centrou-se em assuntos como gestão do risco, sustentabilidade do algodão e promoção internacional. Todo produtor de algodão tem sido impactado pela extraordinária volatilidade dos preços existentes no mercado futuro de algodão desde o início de 2008. A volatilidade dos preços interrompe as atividades ordenadas de mercado e cria incerteza entre os produtores.

A produção de algodão vem sendo cobrada pelo mercado de varejo a demonstrar suas ações em prol da sustentabilidade. As indústrias brasileira e americana de algodão têm, individualmente, tomado medidas para atender a essas preocupações. Ficou reconhecido que as ações colaborativas entre EUA e Brasil produzirão um maior reconhecimento da contribuição do algodão para a melhoria ambiental.

Parte do mercado mundial de fibras de algodão foi corroída pelas fibras sintéticas, que ganharam terreno. Faz-se necessário, então, implantar programas de promoção visando familiarizar os consumidores do mundo para os benefícios e vantagens do uso de vestuário de algodão e outros produtos têxteis. São providências vitais para garantir o futuro do algodão. Os produtores brasileiros e norte-americanos de algodão já têm história reconhecida em programas de promoção do algodão. Eles explorarão oportunidades em conjunto para buscar a preferência do consumidor.

Brasília, 23 de maio de 2012.


Confira esta notícia em inglês no site da NCC​.