Cotton Trip: estilistas e jornalistas de moda visitam fazenda de algodão

Compartilhar
Share on emailMande esta matéria por e-mailShare on printImprimir
Postada em: 20/08/2018

A convite da Abrapa, alguns dos mais influentes jornalistas de moda e estilistas do Brasil, que nunca haviam visto de perto uma lavoura de algodão, puderam acompanhar a colheita e as mais importantes etapas do processo produtivo da fibra, como o beneficiamento e a classificação. A visita fez parte das “Cotton Trips” que a associação vem realizando para familiarizar os diversos públicos, sobretudo, os que trabalham na concepção e execução de moda, à produção da matéria-prima. Nos dias 16 e 17, foram duas imersões. A primeira, com os estilistas da Casa de Criadores (CdC), inclusive o diretor criativo, André Hidalgo, e expoentes do jornalismo no segmento, como Lilian Pacce, dentre outros. No dia seguinte (17), integrantes da equipe da São Paulo Fashion Fashion Week (SPFW), o estilista João Pimenta Filho, a jornalista Marina Colerato, da plataforma de comunicação com foco em sustentabilidade Modefica, e André Carvalhal, da marca Ahlma e autor do livro Moda com propósito.


Mais uma vez, a fazenda Pamplona, do Grupo SLC Agrícola, abriu as portas para a iniciativa. A unidade produtiva é escolhida pela localização estratégica, em Cristalina/GO, a cerca de 100 quilômetros de Brasília, e por representar a moderna cotonicultura brasileira, produtiva e sustentável. Em julho, a Abrapa já havia levado um grupo de professores das principais universidades de moda de São Paulo para viver a mesma experiência.


A programação das Cotton Trips inclui teoria e prática. Os visitantes conhecem uma panorâmica do setor, os números da safra, a posição que ocupa no mercado global e o peso que atividade tem na economia do país. “Essa contextualização é fundamental para que, na etapa em campo, nossos convidados saibam que uma lavoura é mais que uma plantação; é parte de uma cadeia produtiva complexa, que vem se desenvolvendo com qualidade e em bases sustentáveis”, afirma o presidente da Abrapa, Arlindo de Azevedo Moura.

De subir na colheitadeira a aprender a classificar a fibra, os visitantes puderam experimentar um pouco do dia a dia de uma fazenda de algodão, em plena colheita. “Os estilistas ficaram animadíssimos. Esta ação reforça a parceria da Casa de Criadores com o Sou de Algodão”, disse André Hildalgo, referindo-se à participação do movimento na última edição da semana de moda, em julho.